Frete grátis acima de 349$ Enviamos para todo o Brasil! 6x sem juros
Meu carrinho
0
Seu carrinho está vazio

O que a grávida não pode fazer nos primeiros meses? 6 cuidados!

Publicado em 24.05.2024 |
Visualizações
8 visualizações

Descubra o que grávida não pode fazer nos primeiros meses

Quando o resultado do BHCG ou as duas linhas aparecem no teste de gravidez, várias emoções e dúvidas surgem na mente de todas as futuras mamães. 

Essa nova jornada que envolve muitas mudanças, alegrias e expectativas pode fazer com que você se sinta um pouco ansiosa e queira fazer tudo certo desde o início. 

Sabendo disso e quanto o primeiro período de gestação é crucial para o desenvolvimento do bebê, preparamos um conteúdo completo sobre o que grávida pode fazer nos primeiros meses para que você fique informada e confiante durante a fase mais especial da sua vida. Vamos lá? Siga a leitura! 

Por que o primeiro trimestre da gravidez é tão importante?

Um dos motivos pelo alto número de pesquisas relacionadas ao que a grávida pode fazer nos primeiros meses ou não é porque esse é um período crucial para o desenvolvimento do bebê. 

É durante este trimestre que acontece a formação do feto, sendo necessário realizar diversos exames, assim como eliminar alguns hábitos considerados inimigos da saúde durante a gestação, pois podem prejudicar tanto a mamãe quanto a do bebê. 

O que é normal sentir nos primeiros três meses de gestação?

É importante dizer que cada experiência de gravidez é única, o que significa que enquanto algumas mulheres podem ter os sintomas citados aqui, outras podem ter outros. Em caso de dúvida ou preocupação, recomendamos sempre consultar o seu médico. 

Entretanto, existem certos sinais que são mais comuns de acontecerem nos primeiros meses, como: 

  • Náuseas e vômitos: conhecido como “enjoo matinal”, esse é um dos primeiros sintomas que indicam a gravidez; 
  • Sensibilidade nos seios: devido às mudanças hormonais, essa região pode ficar bem sensível e um pouco inchado; 
  • Micção frequente: ao longo da gestação, o seu útero irá crescer e pressionará eventualmente a sua bexiga, aumentando a sua vontade de urinar; 
  • Alteração de humor: esse é outro sintoma que pode acontecer devido aos hormônios; 
  • Retenção de líquido: embora não seja tão evidente nos primeiros meses, algumas futuras mamães podem perceber um inchaço no abdômen; 
  • Cansaço e sonolência na gravidez: por fim, a fadiga também é um sintoma frequente que acontece devido às alterações hormonais e mudanças no corpo. 

O que a grávida não pode fazer nos primeiros meses? 6 cuidados!

Agora que você já sabe sobre a importância desse período da gestação, assim como os sinais mais comuns, apresentaremos alguns cuidados relacionados ao que grávida não pode fazer nos primeiros meses. Confira! 

  1. Exames

Como dito anteriormente, a gravidez vem atrelada a diversas dúvidas, sendo o pré-natal um forte aliado para que futuras mamães consigam solucionar todas as suas preocupações e anseios sobre as mudanças pelas quais seu corpo está passando. 

Uma das formas para verificar tanto a sua saúde quanto do seu bebê durante esse momento especial é por meio de exames de: 

  • Sangue;
  • Urina e fezes;
  • Ultrassonografia morfológica de 1º trimestre;
  • Triagem de diabete gestacional;
  • Triagem de estreptococo beta-hemolítico;
  • NIPT (indicado para grávidas acima de 35 anos). 
  1. Alimentação

A alimentação na gravidez tem um papel fundamental no primeiro trimestre, principalmente porque os alimentos são responsáveis por proporcionar os nutrientes necessários para você e o desenvolvimento do seu bebê. 

No entanto, existem certos pratos que não devem ser consumidos por conta do risco de infecções ou intoxicações alimentares. Entre as opções que devem ser evitadas, temos:

  • Carne, frango ou peixe cru;
  • Alimentos mal cozidos; 
  • Queijos, sucos ou leite não-pasteurizado; 
  • Frutos-do-mar; 
  • Café; 
  • Açúcar em excesso;
  • Frutas e legumes mal lavados;
  • Comidas apimentadas;
  • Álcool.
  1. Atividades físicas

Outra dúvida frequente sobre o que grávida pode fazer nos primeiros meses está relacionada às atividades físicas na gravidez. 

Independente de qual fase da sua vida, essa prática deve fazer parte da sua rotina, uma vez que ela auxilia nos sintomas comuns da gestação, como, por exemplo, a dor nas costas e as cólicas. 

Vale ressaltar que nem todos os exercícios físicos são recomendados para gestantes, ou seja, é importante fazer uma avaliação com um profissional da área para saber quais opções são indicadas para o seu perfil. 

  1. Pré-Natal

Além do pré-natal ser uma maneira de solucionar suas dúvidas frequentes, seu acompanhamento pode auxiliar na redução dos riscos durante essa fase, favorecendo para que seu parto seja seguro e tranquilo. 

As consultas podem ser realizadas tanto como um meio de verificar as condições para mulheres que desejam engravidar quanto um suporte emocional para todas as fases e mudanças que surgem no corpo de futuras mamães. 

  1. Hábitos 

O tabagismo e o consumo de álcool são dois hábitos prejudiciais, devendo ser evitados ao longo da gestação para não colocar em risco o bem-estar da mãe e do bebê, pois ambos hábitos aumentam os casos de abortos espontâneos. 

Assim como ingerir bebidas alcoólicas pode afetar o desenvolvimento do cérebro da criança, causando malformações, distúrbios neurológicos, problemas no funcionamento dos órgãos. 

Entenda também se grávida pode ou não usar roupa apertada

  1. Vacinas

Por fim, o último cuidado que toda mamãe deve ter são as vacinas. Elas são uma forma eficiente de garantir a proteção do seu bebê contra doenças infectocontagiosas.

No primeiro trimestre, é recomendado que a grávida tome as seguintes opções:

  • Tríplice bacteriana acelular do tipo adulto;
  • Dupla adulto (dT);
  • Influenza;
  • Hepatite B. 

Já sobre o que grávida não pode fazer, temos as seguintes alternativas que devem ser evitadas ao longo da gravidez: 

  • Tríplice viral;
  • HPV;
  • Varicela.

Como saber se meu bebê está bem no primeiro trimestre?

É possível saber se o seu filho ou filha está bem durante esse período por meio do pré-natal. Desde a primeira consulta, a sua saúde e a de sua criança serão analisadas por meio de exames. Se tiver algum problema, seu obstetra será responsável por determinar um tratamento e solucionar as suas dúvidas. 

Para concluir, tenha em mente que você não está sozinha e está tudo bem procurar apoio em momentos de dúvidas. A gravidez é repleta de novidades, sejam emocionais ou físicas, sendo importante que se crie uma conexão de carinho e respeito com o próprio corpo e a nova vida que está crescendo em você. 

Esperamos que tenha gostado de saber sobre o que grávida não pode fazer nos primeiros meses. Desejamos que as próximas fases de gestação sejam cheias de magia e amor. Aproveite e confira também nosso conteúdo sobre como calcular a data do parto. Até a próxima! 

Referências

BRASIL. Ministério da Saúde. Gravidez. Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-de-a-a-z/g/gravidez. Acesso em: 06 mai. 2024. 

TUASAUDE.com. Gravidez no primeiro trimestre: tudo que você precisa saber. Disponível em: https://www.tuasaude.com/gravidez-primeiro-trimestre/. Acesso em: 06 mai. 2024.

LABORATÓRIO EXAME. Primeiro trimestre de gravidez: tudo o que você precisa saber. Disponível em: https://laboratorioexame.com.br/saude/primeiro-trimestre-de-gravidez. Acesso em: 06 mai. 2024.

SALOMÃO ZOPPI. Cuidados na gravidez: guia completo para uma gestação saudável. Disponível em: https://salomaozoppi.com.br/saude/cuidados-na-gravidez. Acesso em: 06 mai. 2024.

HOSPITAL SANTA CLARA. Entenda o período inicial da gravidez e os riscos até o terceiro mês. Disponível em: https://hospitalsantaclara.com.br/entenda-o-periodo-inicial-da-gravidez-e-os-riscos-ate-o-terceiro-mes/. Acesso em: 06 mai. 2024.

Aceite os cookies e tenha uma melhor experiência em nosso site, consulte nossa Política de Privacidade.