Frete grátis acima de 349$ Enviamos para todo o Brasil! 6x sem juros
Meu carrinho
0
Seu carrinho está vazio
Dicas

Entenda a importância da vitamina D para você e o seu bebê

Publicado em 30.03.2023 |
Visualizações
144 visualizações

Sabemos que a gravidez aflora vários sentimentos, entre eles o entusiasmo e a ansiedade. Para tornar esse processo o mais leve possível, é necessário saber quais cuidados tomar para que tanto seu corpo quanto o seu neném passem toda a fase gestacional fortes e saudáveis! 

Indicado para todas as mamães, a suplementação da vitamina D se faz presente na sua jornada de gravidez, fortalecendo e nutrindo tanto mamãe quanto a criança. 

Vamos aprender um pouco sobre a vitamina D para gestantes e seus benefícios? Pegue na minha mão e siga a leitura! 

O que é a vitamina D?

Antes de tudo, é importante começar respondendo à dúvida básica, afinal, o que é a vitamina D? Bem, basicamente é o suplemento vitamínico responsável pelo crescimento, saúde dos ossos e músculos, imunidade e metabolismo, sendo indispensável na gestação. 

Quais os sinais que indicam falta de vitamina D no organismo?

A melhor forma para saber seu índice de vitamina é por meio de um exame de sangue, pois a maioria das pessoas são assintomáticas quando estão no quadro de insuficiência. 

Porém, alguns sinais comuns para quem tem falta de vitamina D são as dores nos ossos e articulações, fraqueza, fadiga, espasmos musculares, queda de cabelo e alteração no sono. 

Qual a função da vitamina D na gestação?

Uma pesquisa feita por pesquisadores da Universidade de Southampton, na Inglaterra, mostrou que a vitamina D na gestação tem o papel de fortalecer a musculatura das crianças e aumentar a imunidade de mãe e filho. 

É isso mesmo! Ter filhos fortes e saudáveis é o nosso maior objetivo como futuras mamães, concordam? Portanto, é importante que seu obstetra verifique os níveis dela em seu sangue e recomende a concentração correta para manter o seu índice entre 30 ng/mL e 60 ng/mL. 

Como melhorar a taxa dessa vitamina?

Especialistas argumentam que manter uma alimentação adequada e tomar sol pode não ser o suficiente para nosso organismo. 

Antes de mudar algum hábito na sua rotina, o ideal é conversar com o seu obstetra para evitar diversos problemas, como o excesso de vitamina D, prejudicial à saúde e pode causar insuficiência renal, boca seca, náusea e vômitos.

A recomendação médica é tomar sol por 30 minutos todos os dias no início da manhã ou final da tarde, onde a exposição do sol é menor. Sem esquecer, é claro, de usar protetor solar sempre que necessário.

Quais as fontes de vitamina D?

Além do sol, a vitamina D também pode ser obtida por meio do consumo de alimentos como: peixes, frutos-do-mar, fígado, queijos, gema de ovo e cogumelos.

Logo, passe de 15 a 30 minutinhos no sol diariamente e peça para seu médico indicar opções de comida para implementar na sua dieta para ajudar na sua imunidade e na do seu bebê. 

Confira também nosso conteúdo sobre alimentação na gravidez! 

Qual a concentração indicada para gestantes?

Lembra que uma das formas de saber o seu nível da vitamina é por meio de exame de sangue? Então, caso o seu índice esteja abaixo de 30 ng/mL, é provável que o seu médico peça para que você compre comprimidos de suplementação. 

As doses diárias de vitamina D na gestação podem variar de 400 até 2.000 UI em cada comprimido. 

Qual o risco da falta de vitamina D em gestantes?

Alguns inimigos da saúde na gestação em relação à falta de vitamina D no sangue são a pré-eclâmpsia, diabetes gestacional, infecções vaginais, aborto espontâneo e perda de massa óssea. 

Além disso, uma pesquisa publicada no final de 2012 pelo JCEM, por exemplo, apontou que mães com carência de vitamina D no primeiro e segundo trimestres da gestação têm maiores chances de gerar bebês abaixo do peso normal.

Lactantes também podem tomar vitamina D?

É comprovado que algumas mamães podem sofrer de hipovitaminose D durante o aleitamento materno, ou seja, há carência de vitamina D. Dito isso e sabendo a importância da amamentação, é recomendado o uso da suplementação até após o parto.

Esperamos ter ajudado você mamãe a entender melhor os benefícios da vitamina D para gestantes. Aproveite também para conferir nossas peças abaixo. Até a próxima!

Lingerie para Gestante: Amamentação e Pós-parto

Pijamas Maternidade

Aceite os cookies e tenha uma melhor experiência em nosso site, consulte nossa Política de Privacidade.